==
28 ago

Saiba como trocar vidros em fachadas

Em meio a tantas aplicações possíveis, o vidro tem um papel muito presente na arquitetura e na decoração de diversas obras. De uns tempos para cá, uma tendência que passou a ser muito observada foi a utilização de vidros nas fachadas. O problema, porém, é que não são todas as vidraçarias que fazem este tipo de serviço; afinal, ele não é exatamente fácil.

Foi pensando nisso que a Vidramaq preparou este texto. Na sequência, nós falamos mais a respeito da utilização dos vidros em fachadas e mostramos alguns cuidados essenciais para realizar essa troca. Continue a leitura e confira!

 

A utilização dos vidros em fachadas

Se você já esteve em algum grande centro, você com certeza já viu os vidros em fachadas. A utilização deste tipo de artifício é muito benéfica por alguns motivos: além de serem muito bonitos, esteticamente falando, os vidros em fachadas também quebram a monotonia das paredes para quem está dentro do local.

Quando consideramos que este é um aspecto muito comum em prédios comerciais, o fato de poder olhar para o lado de fora pode ser altamente vantajoso para o rendimento de cada colaborador.

No entanto, há o outro lado… Lembra que citamos na introdução que poucas vidraçarias se prestam a fazer esse tipo de instalação? Isso não é sem motivo. Fachadas são instalações que são acompanhadas por peças de vidros maiores; e nós já mostramos como pode ser difícil instalar vidros grandes.

Muito mais que em qualquer outro caso, é preciso ter toda uma gama de cuidados especiais com os vidros maiores. Quando os devidos cuidados não são tomados, põe-se em risco as peças, a construção em que elas serão aplicadas e, é claro, os responsáveis pelo processo de instalação.

Instalar vidros em fachadas — e vidros grandes no geral — não é algo fácil.

 

Como trocar vidros em fachadas

E é por isso que nós trouxemos algumas dicas gerais sobre o assunto. 

Antes de qualquer outra coisa, é fundamental que haja um planejamento de cada pequena ação. Os primeiros passos são garantir que os profissionais tenham todas as ferramentas e conheçam as normas envolvidas no processo.

Depois disso, deve-se descobrir qual foi o sistema utilizado na obra em questão. O sistema chamado de “stick” permite que a esquadria de alumínio em que o vidro está instalado seja retirada por inteiro. Com isso, basta substituir o vidro em uma bancada normal, o que torna tudo muito mais fácil.

Contudo, se o modelo utilizado for o “unitizado”, não será possível remover a esquadria. O que se recomenda aqui é que a solução mais adequada seja avaliada por profissionais caso por caso.

Veja, em um passo a passo, como tocar os vidros em fachadas:

1. Ter um planejamento de métodos e equipamentos

2. Identificar o sistema construtivo utilizado na troca

3. Conferir todas as dimensões para que a peça nova não tenha nem um centímetro de diferença

4. Remover o vidro existente

5. Preparar a superfície com uma ótima limpeza técnica

6. Apenas depois de tudo isso, aplicar o novo vidro

 

 

E você, já sabia como trocar vidros em fachadas? Tendo este conhecimento básico você já pode ir atrás de mais e capacitar sua equipe para que sua vidraçaria também ofereça esse serviço. Caso tenha gostado do texto e queira receber mais, siga a Vidramaq no Facebook e no Instagram!

RECEBA NOSSAS NOVIDADES POR E-MAIL