==
18 fev

Por que você deveria atuar com pequenos reparos?

Você, vidraceiro que está lendo este texto, costuma incluir que tipos de serviços na rotina da sua vidraçaria? Provavelmente o beneficiamento e a posterior instalação de vidros, certo? Em alguns casos, pode ser que trabalhe também com vidros especiais, como o temperado e o laminado. Mas, e quanto à manutenção? Você já pensou em atuar fazendo pequenos reparos em instalações de terceiros?

Caso não faça isso e também não tenha planos para fazer, saiba que deveria! Os pequenos reparos podem ser uma oportunidade enorme para levar sua vidraçaria aos níveis mais altos do mercado. E, neste texto, a Vidramaq te mostra por que esse é o caso.

Abaixo, você poderá acompanhar 3 motivos para atuar com pequenos reparos e entender por que as manutenções são muito boas para você e sua empresa no geral. Continue a leitura e entenda!

 

3 motivos para atuar com pequenos reparos

 

1. É um mercado com muitas oportunidades

Não foi à toa que nós começamos este texto perguntando quais são os serviços que sua vidraçaria oferece. A maioria das empresas do setor no mercado brasileiro não atua com os pequenos reparos em serviços de terceiros. Muitas delas não costumam oferecer manutenção nem para os próprios trabalhos, mesmo sabendo o quão importante ela é.

Consequentemente, existe pouca oferta para muita demanda. Caso você decida se especializar em manutenções, uma quantidade muito grande de clientes estará precisando do que você oferece. E isso ocorre por dois motivos principais.

O primeiro é que vidros precisam de manutenção constante — pelo menos uma vez por ano —, mesmo que tenham sido bem instalados. Se estivermos falando de um guarda-corpo, por exemplo, é fundamental que ele esteja sempre em boas condições para não apresentar riscos às pessoas.

E o segundo é que, infelizmente, o mercado vidreiro no Brasil ainda está passando por um processo de profissionalização. É muito comum encontrarmos instalações mal feitas, que precisam de manutenção urgente para evitar acidentes.

 

2. Pode ser bastante trabalhoso, mas traz vantagens

Mas, se existem tantas oportunidades assim, por que mais vidraceiros não atuam com os pequenos reparos? Bom, porque este é um trabalho consideravelmente complexo — muito mais que uma simples instalação. Dependendo do caso, será preciso ter uma mão de obra mais qualificada e dedicar um tempo maior de execução.

Isso porque, como citamos no ponto anterior, o mercado ainda está se profissionalizando. Muitas das instalações que são feitas não seguem as normas estabelecidas pela ABNT. Para fazer um reparo e garantir segurança, pode ser necessário refazer todo o trabalho de instalação, o que dá muito mais trabalho do que instalar do zero.

 

3. Seu lucro pode acabar sendo ainda maior

É uma questão de lógica: se você oferece mais serviços, seu lucro aumenta. Além de beneficiar e instalar vidros, ofertar manutenção em instalações de terceiros atrairá mais clientes para o seu negócio.

Existem casos, inclusive, de vidraçarias que resolveram focar nos pequenos reparos e viram seu negócio alavancar de vez — transformando-as em verdadeiras referências no mercado. Talvez esse possa ser o seu caso também.

 

E aí, o que achou do texto? Já está pensando em aderir às manutenções e aos pequenos reparos? Caso tenha gostado de ler sobre o assunto e queira continuar vendo conteúdo desenvolvido especialmente para vidraceiros, siga a Vidramaq no Facebook e no Instagram!

RECEBA NOSSAS NOVIDADES POR E-MAIL