==
14 dez

4 erros cometidos na instalação de vidros e como evitá-los

Para um vidraceiro, tão importante quanto fabricar boas peças é instalá-las da melhor forma possível. No final das contas, é o resultado após a instalação que fará a diferença para o cliente. Entretanto, existem alguns problemas que podem ocorrer no meio do caminho — afinal, instalar vidros não é algo fácil. Para evitar que isso aconteça, é essencial conhecer os erros cometidos na instalação de vidros e saber como evitá-los.

Neste texto, é exatamente isso que a Vidramaq mostra. Na sequência, você poderá ver uma lista com 4 erros cometidos na instalação de vidros, além de formas de contornar esses erros e entregar um serviço de altíssima qualidade.

Continue e saiba mais!

 

4 erros cometidos na instalação de vidros

 

1. Transporte incorreto

O vidro é um material frágil. Para transportá-lo, todo cuidado é pouco. Você não irá querer que alguma peça quebre no meio do caminho, certo? Além de prejudicar o cliente, você e sua vidraçaria ainda sairão mal falados. Felizmente, mesmo que o material tenha grande fragilidade, certas ações podem evitar problemas.

A primeira delas é realizar o transporte com as peças no ângulo correto. Elas devem estar sempre na vertical, podendo ter uma leve inclinação chegando a um ângulo de até 5 graus. Além disso, itens de proteção também devem ser usados para aumentar a segurança. Utilize encostos e ventosas para proteger as bordas e evitar que uma peça arranhe a outra.

 

2. Não analisar o espaço de instalação previamente

Dependendo do local de instalação, é possível que ele possua certas particularidades. Algumas delas podem chegar a exigir equipamentos específicos para garantir uma instalação de qualidade, como furadeiras, parafusadeiras e colas especiais, por exemplo. Independente de qual for o caso e o que for exigido, a instalação será mais cara.

Na prática, isso quer dizer que é imprescindível que você conheça o local de instalação antes mesmo de passar um orçamento. Com isso, você evita surpresas na hora de instalar, como um processo mais custoso e até mesmo a necessidade de ferramentas que você não levou ou não tem.

 

3. Não usar EPIs

Assim como são frágeis, peças de vidro também são perigosas. Tirando o vidro laminado, qualquer outro tipo pode machucar quem estiver por perto em caso de quebra. É por isso que usar todos os Equipamentos de Proteção Individual recomendados para instalar vidros é indispensável.

Entre os principais, podemos citar capacete, óculos de segurança, protetor auricular, macacão, protetor de tronco, luvas antiderrapantes ou anticorte e botas ou outros calçados com biqueira de aço. Com todos esses equipamentos, aumenta-se consideravelmente a segurança do instalador, evitando um dos principais erros cometidos na instalação de vidros.

 

4. Limpeza mal feita

A última etapa da instalação de uma peça de vidro é a limpeza do material. Com ela, dá-se um acabamento diferenciado ao produto, deixando-o mais bonito e sem manchas de dedo, sujeira ou outros produtos. É importante, porém, que a limpeza seja bem feita, usando apenas os materiais indicados.

Amaciantes, sabão em pó e cloro, por exemplo, são produtos que devem ser evitados a todo custo. Recomenda-se apenas água limpa e produtos adequados, como álcool ou sabão neutro.

 

E você, já conhecia algum destes erros cometidos na instalação de vidros? Agora que já sabe como evitá-los, dificilmente você fará algo assim, certo? Se tiver gostado das dicas e quiser continuar recebendo conteúdo, não deixe de seguir a Vidramaq no Facebook e no Instagram!

RECEBA NOSSAS NOVIDADES POR E-MAIL