==
10 mar

Como lidar com vidraçarias que cobram menos

Independente de qual segmento estamos falando, o mercado pode apresentar situações delicadas para as empresas. Uma delas é a concorrência; como lidar com concorrentes que têm um preço muito mais baixo? Sabemos que muitos clientes consideram apenas o preço, e, no nosso setor, vidraçarias que cobram menos podem ser um problema.

Mas como contorná-lo? Como fazer os clientes verem que, mesmo tendo um preço um pouco mais alto, seu serviço pode ser a melhor alternativa? É sobre isso que a Vidramaq fala neste texto. Abaixo, nós descrevemos uma situação comum — pela qual você já deve ter passado em algum momento — e mostramos como lidar com ela.

Continue a leitura e entenda!

 

Situação comum: vidraçarias que cobram menos

Imagine a seguinte situação hipotética: um cliente chega até a sua vidraçaria em busca de um orçamento qualquer. Você avalia todas as especificações do projeto, estima o tempo que precisará para realizá-lo, lista os materiais que deverá comprar e, enfim, chega a um valor justo para ambas as partes. Na hora de retornar com o orçamento para o cliente, este diz que não irá fechar; que encontrou vidraçarias que cobram menos e que prefere elas.

Este é o momento chave. Para não perder o cliente, muitas vidraçarias reduzem seus preços quando ouvem algo do tipo. Em muitas vezes, o cliente pode estar blefando. Já em outras, as vidraçarias que cobram menos podem simplesmente fazer um serviço de baixa qualidade — o que explica o preço.

Qualquer que seja o caso, é importante levar alguns pontos em consideração antes de ceder ao cliente e oferecer um preço mais baixo. Somente você sabe todo o processo envolvido por trás do serviço, e há um motivo para que o seu preço seja mais alto que o de outras vidraçarias. Antes de cobrar menos, é preciso pensar nisso — como você poderá entender melhor na sequência.

 

Como lidar com este problema?

A melhor forma de chegar a um consenso sempre é através de conversas. Às vezes, o único motivo para um cliente achar o preço de um serviço caro é não entender por que o valor cobrado é aquele. Se você, por meio de uma conversa, fizer com que ele compreenda, talvez a opinião dele pode mudar e ele venha a fechar negócio mesmo tendo reclamado a princípio.

Portanto, o primeiro passo é justamente esse. Explique cada passo do serviço, de modo que o cliente entenda que ele é realmente complicado. Assim, fica mais fácil mostrar o valor que a sua atividade tem. Além disso, ainda há a questão das normas ABNT. Destaque que todo o seu serviço é feito de acordo com elas — para garantir segurança e qualidade —, e que tudo isso gera custos.

Por outro lado, se, mesmo assim, o cliente não entender, quiser contar com vidraçarias que cobram menos e você achar que vale a pena cobrar um preço menor, saiba que é preciso ter limites. Considere todos os custos do serviço e a sua margem de lucro. Se, no final das contas, o lucro acabar não sendo interessante, talvez seja melhor deixar que aquele cliente se vá e fazer negócios com quem entende o valor do serviço oferecido por sua vidraçaria.

 

E agora, já sabe lidar com vidraçarias que cobram menos? Tenha sempre em mente: sua maior referência deve ser o seu trabalho, e não o dos outros. Caso tenha gostado do texto e queira receber mais, siga a Vidramaq no Facebook e no Instagram!

RECEBA NOSSAS NOVIDADES POR E-MAIL