==
6 dez

Entenda a manutenção de algumas das principais peças de uma lapidadora

Lapidadoras são máquinas grandes, cheias de peças e, consequentemente, complexas. O funcionamento correto delas depende de alguns fatores, incluindo o uso de rebolos e outras peças de qualidade inquestionável e originais. Outro fator que influencia muito a atuação e a vida útil das peças de uma lapidadora e do equipamento como um todo é uma manutenção correta e feita em dia.

É claro que existem certas situações que dificilmente podem ser resolvidas sem o auxílio de uma assistência técnica, e nós já falamos sobre isso em outro texto aqui no blog, no entanto há cuidados periódicos que podem e devem ser feitos pelos operadores para garantir o melhor de cada máquina.

Foi pensando nisso que a Vidramaq preparou um texto falando especialmente a respeito de algumas das principais peças de uma lapidadora e os cuidados de manutenção que devem ser feitos nelas. Continue a leitura abaixo e confira!

 

Algumas das principais peças de uma lapidadora e a manutenção necessária a cada uma delas

 

Escovas de nylon

O tanque de água das lapidadoras é um componente interno. Se a água presente sofre um vazamento, outras peças internas podem ser prejudicadas. É por isso que as escovas de nylon fazem parte das principais peças e que devem receber manutenção constante; elas estão inseridas em pontos estratégicos do tanque para protegê-lo e evitar que isso aconteça

Elas possuem uma vida útil, a qual está diretamente ligada ao cuidado que o operador tem com a máquina. Caso ele faça a manutenção e a limpeza de acordo com o que descreve o manual do fabricante, é possível fazer com que elas durem cerca de 1 ano. Caso os cuidados sejam negligenciados, esse tempo pode reduzir para até 5 meses.

 

Bicos articulados

Estas peças fazem a injeção da água quando o vidro está sendo usinado. Por serem articulados, esses bicos d’água propiciam algumas áreas de acúmulo de pó de vidro. Sem o cuidado da manutenção, este pó acumulado pode causar problemas. Especialmente para quem trabalha com vidros laminados, a manutenção deve ser feita semanalmente.

 

Pinças

Todas as lapidadoras possuem duas pinças: uma pinça frontal e uma pinça traseira. Ambas têm alojamentos próprios, os quais devem estar constantemente lubrificados com graxa. Se a lubrificação não for feita, ou seja, a graxa não for trocada em um certo intervalo de tempo, as pinças podem ser corroídas e se desgastarem com muito mais rapidez.

 

Moto redutor principal

É o mecanismo responsável pela transmissão de todos os movimentos de translação do vidro. Ele recebe um motor elétrico e faz com que o sincronismo das engrenagens que auxiliam o movimento seja perfeito. A manutenção obrigatória desta peça se resume à troca sistemática do óleo a cada ano.

 

Estes são os cuidados de manutenção de algumas das principais peças de uma lapidadora. Porém, não se esqueça: outras peças também são importantes, e elas também devem ser cuidadas devidamente. Nunca deixe de limpar sua lapidadora e deixar seu componentes muito bem lubrificados.

Quando não souber exatamente o que fazer, não ouse em contar com o apoio do serviço de assistência técnica.

 

Gostou deste texto? Então siga a Vidramaq no Facebook e no Instagram para receber mais!

RECEBA NOSSAS NOVIDADES POR E-MAIL