==
21 fev

Dicas rápidas para melhorar a qualidade das entregas

Trabalhar com a produção e a entrega de peças de vidro é um processo delicado, que exige alguns cuidados essenciais. Afinal, o vidro é um material frágil, e qualquer contato com uma força mais elevada pode danificá-lo, tanto no estado de matéria-prima quanto como produto pronto. É por isso que certas precauções são indispensáveis para garantir a qualidade das entregas.

Pensando nisso, a Vidramaq elaborou um conteúdo com dicas rápidas — tanto de produção quanto de logística — para ajudar vidraceiros na busca por um constante aperfeiçoamento na qualidade das entregas. Esses cuidados, além de diminuírem consideravelmente a perda de peças graças a quebras ou danos, melhoram a percepção do cliente que recebe os seus pedidos.

Se você tem ou trabalha em uma vidraçaria e quer ter sempre alta qualidade nas entregas, este texto que nós fizemos foi pensado para você! Continue a leitura abaixo e veja como a sua produção pode ser ainda melhor com entregas bem feitas!

 

5 dicas para garantir a qualidade das entregas

Para distribuir as dicas de maneira lógica, nós optamos por seguir os processos de grande parte das linhas de produção existentes na atualidade — começando com armazenamento de material e finalizando com a entrega do produto pronto. Acompanhe:

 

1. Armazenamento

A primeira dica que a Vidramaq traz diz respeito ao armazenamento da matéria-prima. É por ela ser muito frágil que este é o primeiro cuidado fundamental. A recomendação é que ela seja armazenada em cavaletes com uma leve inclinação de até 5° para trás. O objetivo da inclinação é sustentar o vidro em um ponto de equilíbrio, praticamente extinguindo o risco de quedas.

 

2. Condução

Para iniciar o trabalho de beneficiamento, é necessário conduzir as peças do ambiente onde estão armazenadas até o local onde as operações serão feitas — seja através de máquinas ou manualmente. Para aumentar a segurança, tanto dos operadores quanto das peças, é indispensável o uso de luvas, botas e óculos de segurança. Além disso, as ventosas para transportar as peças individualmente também devem ser utilizadas.

 

3. Locais de trabalho

A nossa dica relacionada aos locais de trabalho compartilha o mesmo elemento substancial do armazenamento: os cavaletes. Especialmente quando estamos falando de lapidadoras, a existência de dois cavaletes é recomendada. O primeiro deve conter as peças brutas e ser posicionado antes da máquina, enquanto o segundo recebe as peças acabadas. Organizar desta maneira proporciona dois grandes benefícios: não há confusão de estado das peças e a conferência posterior do produto é facilitada.

 

4. Manuseio

Depois que o produto está acabado, é preciso cuidar ainda mais com seu manuseio. Afinal, quebrar uma peça pronta pode trazer altos prejuízos. Ao estocar o produto no cavalete após a máquina, procure colocar isoladores (de cortiça ou de PVC), para que um vidro apoiado no outro não o danifique. Caso não haja condições de adquirir isoladores, até mesmo um papelão pode dar conta do recado; o importante é não ficar sem.

 

5. Entrega

Por fim, chegamos à entrega das peças ao cliente da vidraçaria. Quando estamos tratando de algo embalado, detalhes como as cantoneiras devem ser levados em consideração. Elas protegem os pontos mais frágeis de uma peça: seus cantos. E a proteção deles garante a qualidade das entregas. Outro fator são as proteções divisórias, como plástico bolha, para proteger as peças de riscos e sujeiras.





Essas são as 5 principais dicas da Vidramaq para garantir e também melhorar a qualidade das entregas das suas peças de vidro. Fazer boas entregas não só deixa o cliente satisfeito, como também favorece a imagem da vidraçaria.


Gostou do conteúdo? Para continuar recebendo textos como este, acompanhe a Vidramaq no Facebook e no Instagram!

RECEBA NOSSAS NOVIDADES POR E-MAIL