==
17 set

Como furar espelhos e por que o espelho pode quebrar ao ser furado?

Entre tantos processos de beneficiamento que podem ser feitos com um espelho, um dos mais comuns é a furação. Afinal, muitas vezes é preciso ter peças personalizadas a fim de realizar uma composição, por exemplo, e são os furos que tornam isso possível. Contudo, o trabalho de furar espelhos exige um grande cuidado para que as peças não se quebrem.

E é exatamente sobre isso que nós iremos falar no texto de hoje! Quem trabalha no setor de decoração sabe como espelhos personalizados são comuns, e para atender a tal demanda deve-se ter muito conhecimento e cuidado. 

Em seguida você poderá saber mais sobre a fragilidade dos espelhos, por que eles podem quebrar durante a furação e como furar espelhos da maneira correta. Boa leitura!

 

A fragilidade dos espelhos

Assim como muitos outros tipos de vidro, os espelhos são consideravelmente frágeis. Isso fica ainda mais evidente quando consideramos que os espelhos de 3 a 4mm são os mais comercializados, representando cerca de 90% do total de espelhos vendidos no mercado. 

É possível encontrar também espelhos de 5 a 6mm, porém eles são menos comuns. Por serem mais espessos, bonitos e resistentes, eles também são mais caros e, na maioria dos casos, não são muito utilizados.

A fragilidade dos espelhos fica clara quando pensamos na espessura, e é por isso que furar espelhos é uma atividade que exige cautela.

 

Por que o espelho pode quebrar?

Existem alguns motivos que promovem a quebra na hora de furar espelhos. Explicaremos aqui os dois principais.

 

1. Quando um furo é feito, ele cria pontos de tensão no espelho. São esses pontos e a tensão deles que fazem a peça quebrar quando ela é manipulada. Para evitar que isso aconteça, é preciso escariar as bordas cortadas, eliminando, assim, os pontos de tensão.

 

2. Para que um espelho seja furado, a utilização de uma broca específica ou um disco de corte é fundamental. Outra situação que pode causar a quebra de um espelho é quando essas ferramentas estão com sua superfície cortante obstruída pelo pó de vidro remanescente de outras operações. Neste caso, você identificará que há algo errado pelo barulho atípico que a ferramenta fará. Basta limpá-la para evitar que o problema aconteça.

 

Como furar espelhos

O equipamento utilizado para furar espelhos é, como você pode imaginar, a furadeira. Ainda que uma furadeira comum possa ser utilizada para fazer os furos (o que realmente importa é a broca), é preciso ter cuidado redobrado se este for o caso.

A maneira correta de fazer os furos aqui é utilizar os dois lados da peça. Comece o furo por um lado, mas não vá até o final. Então, vire o espelho manualmente e faça outro furo no mesmo local do outro lado. Isso evita o estouro que faz com que o vidro quebre.

Porém, se você quer facilidade e segurança para sua produção, há outra alternativa.

A Furadeira Automática Horizontal da Vidramaq possui duplo cabeçote, o que dispensa essa necessidade de virar o vidro manualmente e fazer um furo de cada lado para que ele não quebre. Neste caso, o risco é eliminado.

Além disso, nossa máquina evita quebra por erro humano, já que ela inicia e termina o furo de forma automática.

Você pode saber mais detalhes sobre nossa Furadeira neste link.

 

 

E aí, gostou do texto de hoje? Entendeu por que este grande problema que é a quebra dos vidros pode acontecer? Para continuar aprendendo sempre, acompanhe a Vidramaq nas redes sociais e fique por dentro! Nós estamos no Facebook e no Instagram.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES POR E-MAIL